terça-feira, 19 de novembro de 2013

Incêndios no Lixão do Basso - Inquérito arquivado

Lixão incendiado. Fonte: Site Tudo Sobre Xanxerê
O Ministério Público requereu o arquivamento da investigação que apurava a responsabilidade penal pelos incêndios ocorridos em 2011 no Lixão do Basso, em Xanxerê.

De acordo com a 2ª Promotoria, no imóvel de propriedade de Osmar Basso funcionava um depósito clandestino de material reciclável, mantido pelo locatário José Alaor Antunes, que estava causando diversos problemas sanitários à comunidade, tais como mau cheiro, proliferação de insetos e focos do mosquito da dengue.

O lixo foi removido pelo Município, mediante TAC com a Promotoria, ao custo aproximado de R$ 70.000,00, diante do grande volume.

As suspeitas inicialmente recaíram sobre o proprietário do imóvel. Todavia, desde o início da investigação não foi possível inquirir José Alaor Antunes, locatário do imóvel, e nenhuma das testemunhas foi conclusiva a respeito da autoria do crime.

O MP e a Polícia Civil realizaram diversas diligências na tentativa de localizar José Alaor Antunes, que estaria residindo numa área de invasão em São José, sem êxito, razão pela qual o Ministério Público do Estado de Santa Catarina requereu o arquivamento do inquérito policial.

O arquivamento não impede que o caso seja reaberto, se houver novas provas e, principalmente, se José Alaor Antunes vier a ser localizado. 

Solicita-se à população que informações sobre o caso sejam remetidas ao e-mail da 2ª Promotoria: xanxere02pj@mpsc.mp.br.

SIG: 08.2012.00104891-5
SAJ 080.12.001457-2